domingo, 5 de abril de 2009

Fotos Bizarras: Homúnculos servidos em lanchonete famosa

Clique na imagem para ampliar!

Eu sempre quis fazer uma série de fotografias que mostrassem lugares ou coisas cotidianas que despertassem algum sentimento estranho, aquela sensação de medo, que a gente não consegue explicar.

Fui ofertado pela amiga e colega dubladora Luisa Palomanes com uma pequena criatura que está sendo oferecida acompanhando uma refeição composta de carne, pão, condimentos e Solanum tuberosum frito, que é um tubérculo perene pertencente à família das Solanaceae.

Fiquei estarrecido e com medo também, mas não hesitei em analisar com cuidado e em um ambiente controlado o diminuto ser: Um homúnculo(1) servido com alimentos, com o conjunto sendo batizado com o nome de “Lanche Feliz” de uma cadeia de fast-food famosa mundialmente.

Notem a cabeça desproporcional da entidade verde, de longas orelhas pontudas, decepada e recosturada em uma espécie de nave ou transporte aéreo. Seria isso uma espécie de auto-imolação, decorrente de uma seita antiga com influência dos deuses astronautas?

Lembrem-se dos antigos rituais shamanicos, onde muitas vezes a carne era submetida a um estresse sobre-humano para o alcance de uma iluminação, para que os iniciados atingissem um estado em que uma Força maior estaria presente, dissipando todos os desejos, ansiedades e dores.

Entendam como uma dor maior, lancinante, suplantando qualquer outra, seja física ou mental.

Espero conseguir registrar mais criaturas urbanas escondidas e camufladas em nosso dia a dia.

... se assim estas permitirem... (medo... eu tenho muito medo...)

Notas:

(1) A alquimia possuí três objetivos, o primeiro é transmutar metais inferiores em ouro, o segundo fabricar o Elixir da Longa Vida e o terceiro é a criação de vida humana artificial a partir de materiais inanimados (um clone humano na acepção moderna), os homúnculos. Não se pode duvidar da influência que a tradição judaica teve neste aspecto, pois na cabala existe a possibilidade de dar vida a um ser artificial, o Golem.

4 comentários:

Fred disse...

Sugiro trocar o fornecedor de alimento. :)

Bispo disse...

Me explica o barulho de carro tentando pegar no tranco que ele faz...

Ricardo Mello disse...

E ai Briggs! cara eu tinha visto esse post seu do yoda do clone wars, mas não tinha me ligado q vc tava dublando ele na serie! eu to vendo uns cursos de dublagem pra fazer aqui em são paulo, e um dia espero poder trabalhar com vc!!! parabens pelo seu talento e inspiração!
abraço!

Dirceu Junior disse...

Tipo... mestre Yoda é fã do Cristopher Walken? (vide "A Lenda do Cavaleiro sem cabeça", rá!).[tá, a piada foi uma p..., esquece).