segunda-feira, 27 de abril de 2009

Boneco gangster em plena luz do dia!

Clique na imagem para ampliar!

Depois do Shrek do Bope enviado por um simpático leitor aqui do blog, agora isso: Um boneco de gangster em plena luz fluorescente de uma loja de brinquedos. Essa foto foi obtida através de um pedido muito encabulado meu a um dos funcionários. O incrível é que, como dizem os americanos "tem muito mais de onde veio esse meliante" - ou seja, ao virar a caixa, vários outros bandidos estão à venda em uma coleção extremamente assustadora. Só tive direito a uma foto, por isso, peço que confiem em meu relatório.

Bom, outra coisa sombria aconteceu: Eu juro que o bonequinho ficou me seguindo com seus olhos diminutos, viperinos e úmidos até eu sair do estabelecimento. Para preservar minha integridade pessoal, pedi a Fran, minha esposa, que não me chamasse pelo nome e sim por um pseudônimo; só pra garantir. O problema é que um boneco do Optimus Prime que estava no cantinho perto da porta de saída me reconheceu e tocou a buzina de caminhão, dizendo com alegria: "FALA, GUILHERME, QUANDO VOCÊ VAI ME DUBLAR NOVAMENTE???" ... é por essas e por outras que desconfio que estou começando a ficar conhecido entre os bonecos que não são meus... (ou então tem algum boneco agente duplo no meu Teatro de Bonecos...)

5 comentários:

Fred disse...

Agente duplo? Isso tem potencial. :)

Marcelo Vivan disse...

Li hoje no terra. Feliz 27/04 :-)
http://iurirubim.blog.terra.com.br/2009/04/26/bh-comemora-o-dia-nacional-do-teatro-de-bonecos/

Sky bianconeri disse...

Com todos os diabos, já não se pode confiar nem nos bonecos!!!

Luiz N.Vieira disse...

Diante do pensamento de Pierre Lévy, onde a idéia de que construir coletivamente ações é como estivéssemos entrando numa nova cultura colaborativa onde os valores, os conhecimentos podem ser acumulados em plataformas virtuais, assim estaremos criando nossa própria identidade de comunidade.
É baseado neste contexto que o informativo “Cultura na Rede” busca utilizar este veículo, informações de tecnologias educacionais que auxiliam no processo de aprendizagem.
“Cultura na Rede” surgiu a partir do projeto “Ilha meu encanto: um novo olhar sobre a Cultura Açoriana”. Projeto este, desenvolvido por uma escola da rede pública estadual da grande Florianópolis, com apoio da GETEI/ SED e NTE Grande Florianópolis cujo tema central se apóia na integração das tecnologias e a história açoriana, investigada e vivenciada por alunos e professores, com o objetivo de dar visibilidade por meio de um novo olhar à cultura açoriana, buscando a valorização na comunidade escolar e promovendo novos conceitos no processo educativo.
Há necessidade de criar ambientes que propiciem a mediação e a socialização de projetos e ações implementados em cada região. Formando-se, assim, uma grande rede de conhecimento.
Portanto convidamos a todos a participarem desta teia cultural, encaminhando as ações do uso das tecnologias aplicadas à educação, para que possamos publicá-las na rede.
Esperamos por vocês...
Um forte abraço.
Luiz Napoleão Vieira

http://culturanateia.blogspot.com/

Anônimo disse...

kra, você viu muito toy story