domingo, 7 de dezembro de 2008

O Demônio na Escuridão

Clique na imagem para ampliar!

Eu sempre fui apaixonado por Jornada nas Estrelas, pelos personagens e pelos roteiros simplesmente fantásticos, brilhantes. A qualidade das histórias era tão surpreendente, que até hoje não consigo esquecer vários momentos clássicos da saga.

O Demônio na Escuridão foi um episódio que abordava de forma surpreendente o medo do desconhecido, do preconceito e uma clara e belíssima homenagem à infinita diversidade em infinitas combinações: tema e lema tão recorrente nas aventuras de Kirk, Spock, McCoy e a tripulação da Enterprise.

A história desse episódio é mais ou menos o seguinte (cuidado, SPOILERS!):

Mineradores desesperados com uma criatura assassina assustadora em um planeta remoto (Janus VI) pedem auxílio à Enterprise. Depois de muita exploração pelos túneis sombrios, Kirk descobre uma câmara repleta de bolas de silício e acaba sendo aprisionado pela criatura, que faz com que o teto colapse fechando a caverna. Kirk contacta então Spock pelo comunicador que, inacreditavelmente, pede para que o capitão mate a criatura, pois muitas pessoas já tinham sido mortas. Mas em um ato ousado e misericordioso, Kirk arrisca sua vida e percebe que o "monstro" não está interessado em atacá-lo e sim estabelecer alguma espécie de contato inteligente. A criatura lentamente vira-se, mostrando uma ferida profunda em sua carapaça para o capitão.

Spock consegue chegar na caverna e estabelece um elo mental vulcano com o ser, prejudicado pela imensa agonia que sente decorrente do ferimento. HORTA, como assim se nomeia a criatura, escreve com ácido numa pedra "Eu não matar".

Dr. McCoy chega assustado e Kirk pede para que ele cuide do ferimento enquanto Spock volta a fazer o elo mental com a Horta.

É aí então que descobrimos a trágica e comovente história de sua civilização antiga. A cada 50 mil anos, toda a população de Hortas morre, deixando somente uma criatura, que é responsável por todos os ovos da próxima geração. Quando os mineiros entraram na câmara de ovos de silício, a Horta simplesmente seguiu sua natureza materna e defendeu sua cria como pode. A grande surpresa é que ela é um ser sofisticado e inteligente e extremamente protetor de seus ovos, que estavam sendo extraídos inconsequentemente das cavernas pelos mineradores, que, por pura ignorância, estavam matando seus filhotes.

Veja agora um trecho em vídeo da cena clássica de Kirk, Spock e McCoy encontrando a Horta!

6 comentários:

The Portal disse...

Esse episódio é realmente memorável, mais um fato que prova o quão genial é a série clássica.

E a montagem ficou muito boa!!!

Por sinal, Briggs, você deve ter visto a entrevista do Nimoy aonde ele conta toda ao história do "paaaain", certo? Se não viu, tem nos DVD's que foram lançados da série clássica, é sensacional!!

JoaoFPR disse...

Adoro quando o Dr. McCoy fala:
"Maldição Jim, sou um médico, não um XXXXX*"

*As mais variadas profissões.

Yu disse...

Infelizmente não conheço muito sobre Jornada nas Estrelas, só o básico mesmo que se ouve por aí... mas gostei dessa história que você contou, achei simples, mas genial a forma de como foi contada... isso me lembrou um caso que teve aqui no Rio que passou no jornal... que uns banhistas a um tempo atrás avistaram um tubarão na praia, não lembro qual era a praia, e simplesmente puxaram o tubarão pra terra espancando o bicho com pedaços de pau sem ele ter ao menos atacado... a multidão acabou matando ele, que aliais, era fêmea, e tava em época de ter seus filhotes, por isso passava por ali... mas me fez lembrar realmente =/ alguns fizeram por maldade, outros por ignorância, mas foi desnecessário... que saíssem da água né... bom, seu blog ta cada vez mais interessante =] vou tentar conhecer mais sobre jornada nas estrelas, essa história realmente me despertou mais interesse ^^ abração ae Guilherme, seu blog ta 10 =]

Son Daniel disse...

Jornada nas Estrelas é sensacional, tenho todos os DVDs e não canso de assistir ^^

AKJaganMaster disse...

Pizza: Eu não matar!

Capitão: já que não temos um Pizzaiolo vamos nos encarregar de comer a "Horta".

Spock: Não!

Capitão: Não se preocupe, vamos cuidar das azeiton... digo, dos ovos! ('Eu nem gosto') - Horta, sua morte não será em vão!

McCoy: Eu já estava ficando com fome mesmo...

Spock: Você pensa que me engana? Quando os outros "Hortas" nascerem vocês vão é tomar cabo deles!

Capitão: Quieto! Me ajude com as azeitonas.

Oro disse...

Nossa, fantástico, Gui! Admito que nunca me interessei muito por Jornada, sempre fui mais fã de Star Wars...mas, admito, até me interessei mais em começar a conhecer - e assistir ao que vem aí no cinema. :D

Poxa, como tu conseguiste linkar vídeo do Tube aqui no Blog? Tentei fazer isso lá no blog dos meus Gatitos, mas não consegui. :/

Abração, meu querido! ^^