domingo, 16 de novembro de 2008

Customização: WATCHMEN

Clique na imagem para ampliar!

Customização tem o sentido de adaptar os produtos e processos ao gosto do cliente, portanto é o atendimento que visa a satisfação do freguês. A origem da palavra está no inglês customer, que significa "cliente" – não tem nada a ver com "costume", como pode parecer à primeira vista. A palavra customização é empregada no sentido de personalização, adaptação. Desta forma, customizar é adaptar algo de acordo com o gosto ou necessidade de alguém.

Veja esta cutomização que atendeu muito bem a satisfação de um fã de WATCHMEN. Descontente com o cancelamento da linha de bonecos da série genial de Allan Moore e Dave Gibbons, um artista resolveu fazer ele mesmo a turma toda: Comediante, Coruja, Espectral, Ozymandias, Rorschach e o Dr. Manhattan. Sensacional! ^__^

Watchmen é considerada um marco importante na evolução dos quadrinhos nos EUA: introduziu abordagens e linguagens antes ligadas apenas aos quadrinhos ditos alternativos, além de lidar com temática de orientação mais madura e menos superficial, quando comparada às histórias em quadrinhos comerciais publicadas naquele país. O sucesso crítico e de público que a série teve ajudou a popularizar o formato conhecido como graphic novel (ou "romance visual"), até então pouco explorado pelo mesmo mercado.

A trama de Watchmen é situada nos EUA de 1985, um país no qual aventureiros fantasiados seriam realidade. O país estaria vivendo um momendo delicado no contexto da Guerra Fria e em vias de declarar uma guerra nuclear contra a União Soviética. A mesma trama envolve os episódios vividos por um grupo de super-heróis do passado e do presente e os eventos que circundam o misterioso assassinato de um deles. Watchmen retrata os super-heróis como indivíduos verossímeis, que enfrentam problemas éticos e psicológicos, lutando contra neuroses e defeitos, e procurando evitar os arquétipos e super-poderes tipicamente encontrados nas figuras tradicionais do gênero. Isto, combinado com sua adaptação inovadora de técnicas cinematográficas, o uso frequente de simbolismo, diálogos em camadas e metaficção, influenciaram tanto o mundo do cinema quanto dos quadrinhos.

5 comentários:

rodrigo disse...

Legal. Vivendo e aprendendo... :)
Não sabia nada de Watchmen ainda, apenas que é uma série de quadrinhos antiga. É sempre interessante conhecer as origens. Valeu!

Quanto a palavras geradas do inglês, eu não sabia da origem de customização. Nem nunca tinha percebido a semelhança entre custom e customer. Interessante.
Mas tem duas expressões em português que se tornaram populares e ao meu ver são traduções muito mal-feitas do inglês. Veja só:
- Mala direta. Do inglês, "direct mail"
- Fluxo de caixa. Do inglês, "cash flow"

Quem foi o doido que resolveu traduzir mail como mala e cash como caixa??? E o pior foi que assim ficou e hoje é visto com naturalidade, tendo se incorporado à língua.

Mas tudo bem. Pelo menos tem a vantagem de ser mais reduzido do que "Correspondência direta" e "Fluxo de dinheiro". :P

rodrigo disse...

Esqueci de comentar sobre os bonecos!
Olhei agora a foto aumentada.
MUITO bem feitos!!!
E todos articulados e tal...
Beleza pura. :)

Queria eu ter dinheiro pra poder ir fazendo minhas customizações também...

Fred disse...

Por que o Coruja (aqui e nos trailers do filme) não é barrigudo? Eu tenho isso vivo na minha memória sobre Watchmen, um herói esquecido, gordo, sem auto-estima e com sintomas claros de depressão.

Spyke disse...

TIo briggs lembra do Spyke - CL???

cara meu querido se esquece de mim mesmo... não entrou mais no YTB?? não me escreveu mais...estou no aguardo


Quero dar os parabéns pelas participaçoes no NERDCAST, e o seu site esta sensacional muito bom, criativo parabéns...

Para melhor e fechar com chave de ouro, tera que entrar em contato comigo está me devendo....

Abraço TIO BRIGGS

Chiriko disse...

Bem maneirolows, Briggs. Se você se interessar tem um artigo muito legal com dicas pra customizar você mesmo. Se você já atua e desenha quem sabe não é bom pintando e esculpindo, né? ;P

http://www.loucoporbonecos.com.br/hmh.htm